Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Uma eleição pouco vistosa

por Luís Naves, em 18.01.16

Na campanha das presidenciais, a esquerda aposta num candidato republicano (da primeira república), que só diz banalidades, e numa candidata da facção minoritária do partido minoritário no poder que gasta o precioso tempo a dizer que tem apoio esmagador desse partido. Há ainda dois dirigentes que lutam por conseguir metade da proporção de votos que as respectivas formações tiveram nas legislativas, além de diversos projectos equivocados nos poderes que estarão à disposição do vencedor. A campanha é monotemática e os discursos que não sejam sobre bolos abordam sempre o mesmo assunto: a personalidade e percurso, as qualidades e defeitos de um dos candidatos, Marcelo Rebelo de Sousa, que surge em todas as sondagens eleito à primeira volta, e em todas as sondagens esmagador numa eventual segunda volta.

Com este favoritismo, Marcelo não se livra de críticas, por não comentar assuntos da governação ou da vida dos partidos, por não solicitar explicitamente o apoio dos partidos da direita, por não organizar comícios, por criticar a falta de substância dos adversários, por gastar pouco dinheiro e ainda pela sua popularidade na rua.

Ninguém parece disposto a discutir as raízes da crise que nos atingiu e as limitações do contexto europeu. Ao ver o triste espectáculo desta campanha, só se pode concluir que uma parte do país vive num mundo de fantasia que é só seu, onde os debates não possuem um pingo de lógica. É o país da conversa, que lentamente vai navegando para fora da realidade. É o país das indignações e das grandes tiradas líricas. É o país onde o comentário livre é a arte de dizer algo absurdo sem qualquer tipo de responsabilidade. Lembra em larga escala o que vi recentemente numa televisão: após a vitória de um clube de futebol por seis a zero, alguém comentava que essa equipa tinha ganho, sim, mas “com um futebol pouco vistoso”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:17




Links

Locais Familiares

Alguns blogues anteriores

Boas Leituras