Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Três faces do poder

por Luís Naves, em 07.01.16

Existe uma ligação íntima entre cultura, economia e política. As três esferas parecem independentes, mas são faces do mesmo poder. A cultura oficial tem hoje sobretudo uma expressão mediática; os intelectuais dependem inteiramente da visibilidade e esta é concedida apenas às visões conformistas do mundo. Quem se move na política e na economia tem de saber usar uma linguagem codificada e empobrecida que, sem nunca dizer o que deve, não tolera desvios. Se quiserem ter carreira, os políticos precisam de compreender as regras do compromisso, os negócios dependem por seu lado das necessidades da política e o êxito cultural da obediência ao princípio da massa crítica, ou seja, da popularidade máxima. A aparência domina o poder contemporâneo, triunfa a percepção visual e a superfície da pele, o que de alguma forma deve explicar a mediocridade que nos rodeia.

publicado às 15:05




Links

Locais Familiares

Alguns blogues anteriores

Boas Leituras