Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sem tradução

por Luís Naves, em 17.12.14

Neste delicioso trabalho da BBC sobre palavras de tradução impossível, encontrei uma expressão alemã cujo significado precisava de trazer para a minha vida, kummerspeck, que os ingleses definem como “grief bacon”, o que julgo poder ser traduzido por "gordura da melancolia". Há pessoas que engordam de forma rápida sempre que estão em estados de abatimento, em momentos de tristeza ou tomadas por uma agitação nervosa. Não sou dado a depressões, por isso o meu kummerspeck é mais de glutonice resultante de um forte desassossego. E não envolve bacon, pois não gosto deste tipo de gordura cheia de colagénio. Tenho horror ao colagénio, que me produz intensa vontade de vomitar, certamente devido a um trauma de infância que nunca ultrapassei. Prefiro doces e pelo-me por doces e devoro doces quando sou tomado pela ânsia de mudar e pela inquietude existencial. O meu grief sweet, ou kummerspeck (talvez aqui seja necessário fazer alguma modificação) deu-me quatro novos quilos nos últimos dois meses. Quatro quilos implicam esforço. Custa-me a subir as ruas íngremes e perdi parte da agilidade, mas tenciono conter-me no restante período natalício: afinal, não gosto nada de bacon, evitar o kummerspeck devia ser canja.

publicado às 19:29




Links

Locais Familiares

Alguns blogues anteriores

Boas Leituras