Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Saudade e Adamastor

por Luís Naves, em 15.08.15

O quarto planeta do sistema da estrela μ Arae (na constelação Ara) pode ser baptizado Saudade. Assim votei neste site, onde podemos escolher os nomes de 32 exo-planetas (todos de grande dimensão, geralmente verdadeiros colossos gasosos). Na mesma opção (os nomes estão agregados), o mais promissor dos planetas do sistema ficaria conhecido por Adamastor: e que nome tão perfeito para um gigante dez vezes maior do que a Terra! Tudo isto fica a 50 anos-luz de nós. Que admirável tempo em que vivemos! E como será o planeta Saudade? E como será o seu vizinho e companheiro, Adamastor? Uma fornalha insuportável ou um mundo viável para qualquer vida exótica? Será uma imensa bola de hidrogénio gelado ou, pelo contrário, um globo de vapores e pressões diabólicas? No imenso vazio, entre minúsculos pontos de luz, talvez estes mundos possuam cor e escondam caprichos interiores, talvez pareçam majestosos e serenos, talvez se mostrem um caos de forças contraditórias, com o aspecto de certa tristeza contorcida ou porventura exibindo ocasionais tempestades de raiva e dor, ocultando segredos turvos debaixo de mantos espessos de poeiras e gás. Vista de longe, a sua desordem pode parecer a de berlindes coloridos, redondos e lisos, ou talvez se assemelhem a retalhos de veludo, contendo mistérios insolúveis. Quem pode dizer se não serão mundos intocados pela vida, vazios minerais, mas mesmo assim contendo beleza etérea, talvez aureolados de anéis finos, repletos de vaga nostalgia pelo que nunca foram e nunca serão, gloriosos e perfeitos, quase eternos à sua maneira?

Tags:

publicado às 16:59




Links

Locais Familiares

Alguns blogues anteriores

Boas Leituras