Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Rod Taylor

por Luís Naves, em 09.01.15

O actor de origem australiana Rod Taylor, que faleceu em Los Angeles, aos 84 anos, será lembrado como o parceiro e protector de Tippi Hedren, em Os Pássaros, o famoso filme de Alfred Hitchcock, de 1963. Taylor tinha carisma e era um actor físico, embora provavelmente com a pouca sorte de ser uma estrela num momento em que Hollywood entrava em período de relativo apagamento, com a crise do cinema clássico, entre meados dos anos 60 e início dos anos 80, ainda com o aparecimento gradual de uma nova linguagem onde actores ambíguos e complexos, do seu estilo, estavam um pouco ultrapassados. Lembro-me com gosto de A Máquina do Tempo, de 1960, filme do húngaro George Pal onde havia efeitos visuais notáveis para a época (por exemplo, a mudança na sala onde está a máquina, ou antes, onde ela não está). Rod Taylor foi inesquecível em outro papel emblemático, no filme de George Seaton 36 Horas, onde é um psiquiatra nazi que tenta convencer um oficial americano de que a guerra acabou e que passaram vários anos desde que perdeu os sentidos. É tudo mentira, passaram apenas 36 horas, e o elaborado esquema visa compreender onde será a invasão aliada da Europa. A decência, a verdade, a mentira, a manipulação, tudo isto contribui para criar um clima quase insuportável de tensão. Sempre que faço uma pequena ferida num dedo lembro-me deste filme, memorizando os pormenores do meu corpo, como se o pesadelo da distensão do tempo pudesse começar a qualquer momento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:22




Links

Locais Familiares

Alguns blogues anteriores

Boas Leituras