Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Resultados (ver texto anterior)

por Luís Naves, em 07.04.14

Sondagem à boca das urnas indica o Fidesz com 47%, portanto perto da supermaioria; a coligação de esquerda foi subestimada nas sondagens, ficando no segundo lugar, com 27%; a extrema-direita ficou abaixo das expectativas, em terceiro, com 18%; os liberais (LMP) entram no parlamento, com 6%, elegendo assim mais deputados do que teriam eleito integrados na coligação: daqui a quatro ou a oito anos podem ser o fiel da balança.

publicado às 18:46




Links

Locais Familiares

Alguns blogues anteriores

Boas Leituras