Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Referendo na Grécia

por Luís Naves, em 27.06.15

Não podendo cumprir as promessas eleitorais que fez, o primeiro-ministro grego ensaia o que parece ser uma fuga para a frente, anunciando um referendo com escassos dias para pensar. Votar nestas circunstâncias mostra que existe sobretudo um problema político, pois todas as combinações partidárias anteriores falharam na Grécia. Chamam-lhe uma democracia madura e um modelo a seguir. Este foi um grande erro de avaliação da esquerda portuguesa, ao contar a história como se estivéssemos perante a resistência de uma democracia que enfrenta o império neo-liberal, interpretação em que os diferentes governos da zona euro não tinham legitimidade nas urnas e nunca respondiam perante os seus eleitores. Talvez a saída da Grécia da zona euro seja o plano mais lógico ou até o plano inicial, mas será sempre um golpe fatal no radicalismo de esquerda a nível europeu.

Tags:

publicado às 13:52




Links

Locais Familiares

Alguns blogues anteriores

Boas Leituras