Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O novo mundo

por Luís Naves, em 16.05.15

O mundo do futuro pertencerá às máquinas e estaremos agora a assistir aos primeiros vislumbres de uma mudança que ameaça criar uma nova civilização e talvez uma nova humanidade. Na imprensa, lemos artigos sobre carros e comboios automáticos, aviões de guerra não tripulados, algoritmos que permitem escrever artigos, traduzir textos ou fazer complexas transacções financeiras. Segundo alguns autores, nenhuma actividade que envolva ecrãs de computador poderá escapar à ascensão das máquinas, que parece inevitável nos próximos 30 anos. As tarefas rotineiras serão executadas por robôs incansáveis, mas não é difícil imaginar com saberes sofisticados. Os transportes, a limpeza, a vigilância, as finanças e a indústria podem ser mecanizados. Dizem também que poderemos em breve retirar da equação do trabalho todo o erro humano, enfim, o nosso lado irracional e contraditório, a nossa incompetência e fadiga, a falha da memória e a distracção, a intuição errada e as imprecisões do movimento. No final, será impossível evitar a tentação de colocar um bocado de máquinas nos seres humanos, para melhorar certas características naturais, a começar pela longevidade, sempre insuficiente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:55




Links

Locais Familiares

Alguns blogues anteriores

Boas Leituras