Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Loucuras

por Luís Naves, em 06.01.18

Sinto crescente dificuldade em entender certas coisas que se publicam nos jornais, como a notícia austríaca sobre a primeira bebé do ano num hospital de Viena. Sendo filha de um casal de imigrantes muçulmanos, a recém-nascida teve direito a insultos anónimos, um dos quais (dizia-se no texto) a sustentar que ela merecia ser morta. Tudo isto vinha ilustrado por uma foto onde se via o simpático casal de progenitores (a jovem mãe de véu islâmico), ladeado por uma médica e uma enfermeira sorrindo também com ar simpático e, no centro da imagem, a pequena cria, a única que já estava com ar preocupado. O problema é que cada idiota tem hoje direito a dizer sem filtro as maiores barbaridades nas redes sociais, em nome da liberdade de expressão que essas cavalgaduras não aceitam senão para si próprias. Que alguns imbecis não vissem ali o milagre da vida diz mais que mil compêndios sobre a doença civilizacional que nos devora.

Tags:

publicado às 19:24


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.




Links

Locais Familiares

Alguns blogues anteriores

Boas Leituras