Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Lá fora é sempre melhor

por Luís Naves, em 16.06.15

Somos provincianos por gostarmos de comparar a maneira de ser dos outros com a nossa. Temos a bitola baixa e a civilização, lá fora, faz sempre melhor, descoberta por um viajante que se extasia com tanta diferença. Esta sensação de inferioridade nota-se em qualquer relato de um português em viagem: não se limitando a descrever o que vê, este turista faz constantes comparações, generaliza a partir de pequenas anedotas e traça elaborados perfis de povos estranhos, onde detecta insuperáveis distâncias. A comida destes civilizados é péssima e as maneiras bruscas, mas estas são as concessões únicas, tudo o resto que fazem é extraordinário, medido ao milímetro em relação aos nossos próprios costumes. Invejamos a sua colossal cultura e a gigantesca inteligência, até a rudeza do trato, mas o que somos e o que fazemos nunca passa a fasquia alta das visões superficiais sobre outras realidades. Saímos pela fronteira e já nos sentimos inferiores em quase tudo. O provincianismo implica esta pobre auto-estima, a miopia de si mesmo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:02




Links

Locais Familiares

Alguns blogues anteriores

Boas Leituras