Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Descontentamento II

por Luís Naves, em 28.12.14

A crise financeira criou uma profunda angústia naquelas pessoas (quase todas) que não compreendem por que razão o seu modo de vida está em risco. Um emprego que parecia sólido ou uma existência que parecia estável podem esfumar-se de repente por causa de um negócio decidido a milhares de quilómetros de distância, por interesses sem rosto. O liberalismo falhou e as regras da democracia não são iguais para todos. Como o capitalismo não muda, as dívidas insustentáveis continuam a acumular-se como um castelo de cartas e a crise de 2008 voltará de outra forma qualquer. Por outro lado, a democratização dos média, em vez de aumentar a liberdade de expressão, está a sufocar as discussões numa maré de frivolidade. Os meios de comunicação fragmentaram-se e são cada vez menos relevantes, não há interesse, as pessoas estão fartas e querem a sua vida de volta, mas existe um preço a pagar: uma sociedade que não discute os seus problemas não os pode resolver.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 11:45




Links

Locais Familiares

Alguns blogues anteriores

Boas Leituras