Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sempre o mesmo

por Luís Naves, em 01.07.17

Há uma irrealidade em tudo isto: a negação das alterações climáticas e de uma floresta que está errada há 50 anos, desadaptada ao clima em mudança e à desertificação humana dos territórios. E em cada ano, o poder político comete os mesmos erros, refém de interesses obscuros ou na simples armadilha da estupidez humana, não sei ao certo, mas batemos com a cabeça na parede sempre da mesma forma, ignorando os conhecimentos da ciência, recusando as verdadeiras reformas da floresta, esquecendo o colapso evidente de um mundo rural que simplesmente já não existe. Desta vez, os erros foram acentuados por leis inúteis, pelos governantes mais preocupados com a imagem e ainda pela necessidade de praticar em larga escala as chamadas cativações orçamentais, única forma de emendar as ilusões que nos venderam de que a austeridade acabara. É assim em Portugal: estamos sempre a marrar com a cabeça nos mesmos problemas e as pessoas lúcidas são postas de lado pelos grandes medíocres.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:44



Mais sobre mim



Links

Alguns blogues anteriores

Locais Familiares

Boas Leituras