Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Os breves momentos de paz

por Luís Naves, em 01.03.16

A Europa esteve em conflito na maior parte da sua História e alguns dos episódios foram tão violentos que podiam ter levado a própria Civilização europeia ao colapso. A Europa de hoje nasceu a partir do vazio criado pela derrocada romana, preenchido pelo movimento épico (e violento) de muitos povos, que se organizaram lentamente, adoptando o cristianismo e subjugando populações mais fracas. Depois, as divisões feudais deram origem a constantes conflitos em pequena escala, novas movimentações de população e epidemias. A Europa descobriu o exterior e explorou o planeta, mas as guerras religiosas foram uma calamidade e devastaram regiões de certa dimensão. De paz, nunca houve senão breves momentos. Os efeitos da Revolução Francesa e das guerras napoleónicas apenas alargaram a escala dos massacres (as atrocidades francesas em Portugal são quase inacreditáveis). As duas guerras mundiais do século XX tiveram escala industrial e estão associadas a guerras civis e limpezas étnicas em escala que desafia a imaginação (o Holocausto, por exemplo, nem sequer é compreensível, pelo menos à luz da razão humana). Mas esta Europa violenta também soube aperfeiçoar tudo o resto que interessa à humanidade: os direitos da mulher e da liberdade religiosa, a tolerância e a democracia, a liberdade de pensar e a ciência, a justiça igual para todos, a solidariedade, a medicina e a indústria, a compaixão, o comércio livre e a prosperidade, a curiosidade, a liberdade artística, a acumulação do saber, o ensino universal, a opinião pública, o respeito pela diversidade e a escolha livre dos governantes. Tudo isto é frágil, mas não existiria sem as divisões, sem o sonho e a luta, sem a resistência às tiranias e o esforço esquecido de milhões de pessoas corajosas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:14



Mais sobre mim


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Links

Alguns blogues anteriores

Locais Familiares

Boas Leituras