Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O esvaziamento do centro político

por Luís Naves, em 01.06.16

Em toda a Europa há tendência de esvaziamento do centro político, com os partidos do centro-esquerda a derivarem para a esquerda, aproximando-se dos radicais, que procuram suavizar as suas propostas. Na direita ocorre um fenómeno paralelo, mas em ambos os casos (a excepção é a Grécia), os extremistas não têm o desgaste do poder. O eleitorado está furioso com os políticos, que durante anos evitaram dizer a verdade. Foram os pequenos a pagar uma crise que se manifestou na forma de desigualdade, ilusões e dívida, acentuando o descontentamento em relação às elites. Os meios de comunicação são hoje veículos do discurso politicamente correcto, tendo perdido a ligação à realidade autêntica dos eleitores. A política transformou-se numa narrativa que as pessoas já não levam a sério. O resultado tem sido o lento progresso das forças populistas (anti-elitistas, anti-capitalistas, anti-Europa), cujo avanço começa a anular o centro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:31



Mais sobre mim



Links

Alguns blogues anteriores

Locais Familiares

Boas Leituras