Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Lirismo e bravata

por Luís Naves, em 28.07.16

Em Portugal, a discussão sobre o futuro da zona euro tem privilegiado a visão simplista das sanções injustas, dos tratados que não são para cumprir, das reformas que não são para fazer, da despesa pública que não convém reduzir. Enfim, estamos numa zona de sonho e lirismo lusitano, em que nos pagam as contas se falarmos com dureza, em que nos tornamos mais competitivos por sermos bons, onde basta estar optimista para que tudo corra bem. As fantasias são geralmente dispendiosas. Livres da tutela de regras incompatíveis com a visão socialista da sociedade, seria mais fácil criar essa realidade paralela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:48



Mais sobre mim



Links

Alguns blogues anteriores

Locais Familiares

Boas Leituras