Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Frustração

por Luís Naves, em 30.11.14

A frustração das massas com a economia, o sexo ou o consumo explica muito da política contemporânea. Há medos difusos de guerras e notícias sobre as desgraças do mundo, mas tudo isso é relativamente distante da vida comum. Numa sociedade pós-ideológica, onde paira enorme desconfiança em relação às certezas das velhas crenças religiosas ou políticas, falar de esperança no futuro torna-se conversa de idealistas agarrados ao passado. As ideias antigas não respondem à modernidade. Este vazio é preenchido pela infelicidade, ancorada na desesperança. Já não há luta de classe nem utopias, há insatisfação com as trivialidades da economia, medo do fracasso e da queda, descontentamento com a rotina, expectativas traídas, desejo imperfeito, sexo aborrecido, sonhos defraudados, ilusões traídas. A vida sempre igual e sem horizonte, as promessas desfeitas, o envelhecimento sem sabedoria.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:25



Mais sobre mim



Links

Alguns blogues anteriores

Locais Familiares

Boas Leituras